Segundo relatório da ONU, consequências da pandemia devem aumentar a desigualdade no Brasil
Spread the love

Um estudo inédito de quatro Agências das Nações Unidas, divulgado nesta quarta-feira (29), aponta que a pandemia provocou a pior crise no planeta desde 1995, ampliando as desigualdades e deixando a população vulnerável em situação ainda mais crítica. 

No Brasil, o relatório destaca a importância de ampliar os programas sociais, garantir serviços básicos como saneamento e conectar todas as crianças à internet até 2030. 

Dois terços da população dependem do SUS, e o número de leitos disponíveis está abaixo do considerado ideal pela ONU.

Já na educação, a desigualdade no acesso à internet deve agravar a diferença de aprendizagem entre alunos de escolas públicas e privadas.

O relatório analista também a diferença de letalidade do vírus entre brancos e não brancos, o que denota ainda mais a desigualdade social e o racismo intrínseco.

*Fonte: G1 e Bom dia, Brasil.


Spread the love