Ex-espião desertor da Coreia do Norte faz relato impressionante sobre drogas, armas e terror
Spread the love

  • Laura Bicker
  • BBC News, Seul (Coreia do Sul)

11 outubro 2021

Kim Kuk-song
Legenda da foto,Ex-espião Kim Kuk-song desertou da Coreia do Norte temendo por sua vida e resolveu falar pela primeira vez

Kim Kuk-song não perdeu os velhos hábitos.

Foram necessárias várias semanas para marcar uma entrevista com ele, e o norte-coreano ainda está preocupado com quem pode estar nos ouvindo.

Kim usa óculos escuros, e apenas dois integrantes de nossa equipe sabem qual é seu nome verdadeiro.

Ele passou 30 anos trabalhando para chegar ao topo das poderosas agências de espionagem da Coreia do Norte. As agências eram os “olhos, ouvidos e cérebros do Líder Supremo”, conta.

Kim afirma que guardou seus segredos, enviou assassinos para matar seus detratores e até construiu um laboratório de drogas ilegais para ajudar a arrecadar fundos “revolucionários”.


Spread the love